Elevadores Brasil
12/09/2018 - Releases

Elevadores mais velozes do Brasil são da thyssenkrupp para o Birmann 32, em São Paulo

• Com 7 metros por segundo, elevadores vão percorrer 125 metros de altura até o topo da torre comercial

O edifício comercial Birmann 32, em construção em São Paulo, terá os primeiros elevadores com velocidade de 7 metros por segundo do Brasil. O contrato firmado entre a thyssenkrupp, líder mundial em desenvolvimento tecnológico para mobilidade urbana, e a FLPP – Faria Lima Prime Properties, empresa responsável pela incorporação do B32, prevê oito elevadores com essa velocidade para atingir o topo da torre corporativa com 125 metros de altura.

O projeto será uma nova referência em edifícios corporativos e no skyline da cidade de São Paulo, no coração da Avenida Faria Lima, a partir do projeto arquitetônico assinado por Chien Chung “Didi” Pei do escritório Pei Partnership Architects, responsável pela criação do Ronald Regan Medical Center da Universidade de Los Angeles e da renovação do Fine Arts Museum de Boston, entre outros.

Além da torre corporativa, o projeto reunirá em um terreno de 13.500 m² espaços para eventos e teatro e uma ampla praça coberta que integrará o empreendimento com o espaço público, para a realização de exposições e eventos musicais.

Para atender a complexidade do empreendimento foram especificados 27 elevadores, incluindo os mais rápidos do Brasil, que garantirão a mobilidade das pessoas pelo empreendimento. A maioria, 23 equipamentos, vai atender os 29 andares da torre comercial, sendo 16 de uso exclusivo de passageiros, quatro para atender os pisos de garagem, dois para o transporte de cargas e um para o restaurante. Os outros quatro elevadores serão destinados ao teatro que vai ocupar uma construção de seis andares ao lado da torre e com capacidade para 500 pessoas.

Todos os equipamentos primam pela inovação com alta tecnologia e características exclusivas para o projeto. Entre elas, o sistema AGILE de Antecipação de Chamadas integrado às catracas com cartão e terminais com telas touch screen que podem ser personalizadas, por meio do Agile Design Center. O empreendimento também contará com o AGILE Gestão de Elevadores para a programação do uso dos elevadores de acordo com a demanda do empreendimento, a partir de um software que pode ser instalado em diversas plataformas e pontos do edifício como computadores, portaria ou sala de controle, e até mesmo em smartphones.

Entre as opções disponíveis estão programar os elevadores para atender áreas específicas em horários de alto tráfego, desabilitar a operação dos elevadores em horários de baixa demanda para economizar energia, programar o acesso a determinados andares por um tempo específico e ter acesso a relatórios estatísticos com gráficos de desempenho, além da integração da câmera do elevador ao sistema, para visualização de imagens em caso de incidentes no equipamento.

A operação dos elevadores será mais eficiente com as máquinas sem engrenagem com imãs permanentes e o sistema regenerativo de energia, tecnologia que permite ao edifício utilizar parte da energia devolvida pelo elevador durante seu funcionamento, resultando em até 35% de economia de energia. Esses atributos são fundamentais para a sustentabilidade do projeto que já obteve a para a pré-certificação LEED Platinum.

Os elevadores do B32 também estarão conectados ao MAX, primeira solução de manutenção preditiva para elevadores do mundo. Baseada em soluções de inteligência artificial e Internet das Coisas (IoT) da plataforma de nuvem Microsoft Azure, MAX pode detectar falhas nos elevadores antes que elas provoquem, por exemplo, uma paralisação do equipamento. Desta forma, reduz pela metade o tempo atual que os elevadores ficam fora de operação, aumentando significativamente a disponibilidade dos equipamentos e a eficiência de transporte nas grandes cidades.

Para conhecer mais sobre o Birmann 32 acesse: http://www.b32.com.br/index.php

Sobre a thyssenkrupp Elevadores
A área de negócios Elevator Technology da thyssenkrupp para o Brasil é uma das maiores fabricantes de tecnologias de elevação no País. O parque fabril e a matriz estão instalados em Guaíba, Rio Grande do Sul. A empresa emprega cerca de 4.000 funcionários e alcançou uma receita de mais de 1,3 bilhão de reais (ano fiscal 2016/2017). A fábrica atende o mercado nacional e também exporta para a América Latina. No Brasil, são 67 filiais e postos de serviços localizados em diferentes capitais e cidades brasileiras, garantindo cobertura nacional na manutenção de elevadores, escadas e esteiras rolantes.

Atendimento à Imprensa:
thyssenkrupp Elevadores
Rouxinol Assessoria em Comunicação
Isabel Silvares e Angela Lereno
Fone: (11) 3075.2757/97203.8006
e-mail: rouxinol@rouxinolcomunicacao.com.br

Company blog: http://www.thyssenkruppelevadores.com.br/blog/
People shaping cities blog: www.urban-hub.com

  

Downloads

Faça o download deste press release e seus materiais.